voltar para a página-site do escritor Osmar A Marques

 

                Natal...

 

                        Fatal...    por Osmar A Marques

 

Lado bom...

Lado mau...

  

   É período de magia,

Como tem hipocrisia...

 

 É confraternização com verdadeiros amigos.

É difícil aturar algumas festas de ocultos amigos

 

 É tempo de milhões de abraços sinceros

E “abraços de tamanduá” inteiros

 

São votos de sinceridade

Quantos votos de falsidade

 

O ensinamento é de simplicidade

Haja demonstração de vulgaridade!

 

No berço da natividade

Na cama da improbidade

 

Nasceu um fruto de sabedoria

Se o futuro visse: paria?

 

Verdadeira esperança e realeza

Só danação e esperteza

 

Façamos a opção pelo azulado

Que todo vermelho seja anulado

 

Porque tudo na vida tem o seu bom lado

O que nasceu prepotente morre pelado

 

Tempo de celebração e festas

Hora de comilança e bater de testas

 

Muito sucesso no novo ano

Tomara que se mude o pano

 

E que uma única cor sobreviva

O AZUL entre abraços e vivas!

 

 

 

(Hyeronimus Bosch 1430 década, Adoração dos Magos)