voltar para a página-site do Dr. José Eduardo Lutaif Dolci

 

Criança também Ronca?

por Prof. Dr. José Eduardo Lutaif Dolci

 

 

 

 

 

 

 

Albert Samuel Anker, 1895, Crianças dormindo no fogão

 

Quem cuida de criança sabe como é importante observar os pequeninos em todas as suas atitudes e hábitos. Mas você já prestou atenção neles quando estão dormindo?
Aqui vão umas dicas de observação. A criança em questão:
- Baba quando dorme?
- Ronca?
- Tem pausas respiratórias durante o sono?
- O sono é agitado?
- Acontece a enurese noturna (xixi na cama)?

E veja agora o que pode acontecer quando existem alterações do sono da criança:
- A voz está anasalada
- O rostinho tem olheiras
- A criança tem sonolência durante o dia

Se essa criança não for tratada e continuar com a dificuldade de respirar corretamente durante o sono, as consequências podem ser:
- Diminuição do rendimento escolar
- Alterações do crescimento
- Alterações dentárias, no céu da boca e na face.

Mas por que será que essa criança está roncando?
A causa mais comum é o aumento das amígdalas ou das adenoides, o que os médicos chamam de “ hiperplasia adenoamigdaliana”.
Existem também outras possíveis causas:
- desvio do septo nasal
- aumento dos cornetos
- rinite alérgica
- mal formações do nariz e/ou da garganta.

O diagnóstico deve ser feito pelo médico otorrinolaringologista.

Para isso é importante a história clínica da criança e o seu exame físico, mas podem ser realizados também exames complementares.

Quando a criança apresenta o seu desenvolvimento comprometido, então pode ser indicada a cirurgia. E as adenoides e/ou as amigdalas podem ser removidas.
São elas órgãos de defesa contra infecções por vírus ou bactérias, porém, além desses órgãos, existem outros tecidos localizados no nariz e na garganta que exercem essa mesma função e compensando os mecanismos de defesa, quando essas cirurgias são indicadas.

Eliminada a causa do ronco e das dificuldades respiratórias, a criança deve retomar a normalidade do seu desenvolvimento.